terça-feira, 29 de março de 2016

São Paulo deve ter 1,7 mil km até 2030, prevê plano da Prefeitura

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Plano da gestão atual é incorporar, até 2030, mais 1,3 mil km de ciclovias à malha viária de São Paulo, segundo informações do Estadão. A intenção é ligar vias mais periféricas ao centro da capital. Atualmente, há 381 km de ciclovias espalhados pelas ruas da cidade. Destes, cerca de 284 km foram entregues pelo prefeito Fernando Haddad.

Algumas das conexões propostas são faixas apenas para bicicletas na avenida Teotônio Vilela (zona sul) e em trechos da Radial Leste, indo do Tatuapé ao Parque Dom Pedro. De acordo com Daniel Guth, ciclista e consultor em mobilidade, esta ligação é fundamental para a segurança de quem anda de bike na região leste e pretende ir à central. "Neste trecho da Radial, a ciclovia existente acaba e o ciclista é jogado para as demais pistas de forma abrupta", disse.

O plano ainda prevê construções de pontes e passagens subterrâneas exclusivas para ciclistas. "Este foi mais um pedido que incorporamos ao plano", afirma o assessor especial da Secretaria Municipal de Transportes, Josias Leche.

Leia a notícia na íntegra neste link.

Nenhum comentário:

Postar um comentário